4
Shares
Pinterest Google+

Dentro do Plano do Verde, a meta é reflorestar, em 10 anos, 960 hectares

Até o momento, já foram reflorestados 225 hectares, o que representa 300 campos de futebol. Foto: Fernanda Sunega/PMC

A Lagoa do Taquaral recebeu na manhã desta quarta-feira, dia 24 de fevereiro, o plantio 190 mudas de espécies nativas. A ação faz parte do projeto Gênesis, desenvolvido pela Fundação José Pedro de Oliveira. Até abril, serão plantadas mais de 3,5 mil mudas em várias regiões da cidade.

Dentro do Plano do Verde, a meta é reflorestar, em 10 anos, 960 hectares. Até o momento, já foram reflorestados 225 hectares, o que representa 300 campos de futebol.

Além das mudas plantadas na Lagoa do Taquaral, também está previsto o plantio de espécies nativas no Parque Linear Capivari, na Mata de Santa Genebra e na área de preservação permanente do Córrego do Guará, que integra o Núcleo de Conectividade da Mata de Santa Genebra, etapa 1 do corredor ecológico.

Mais informações sobre as ações promovidas pela Fundação José Pedro de Oliveira podem ser consultadas no site http://www.fjposantagenebra.sp.gov.br/.

Espécies

A escolha das espécies que serão plantadas é feita em etapas. Além da identificação do tipo de solo, também é verificada que espécies vivem ou viveram no local. Cada região recebe as mudas de acordo com suas características.

Depois dessa definição, as mudas são produzidas no viveiro da Fundação. A coleta das sementes é feita na Mata Santa Genebra e também em outras áreas verdade da cidade.

Para a Lagoa do Taquaral foram escolhidas as seguintes espécies: jequitibá rosa, jequitibá-branco, ipê-felpudo, jaracatiá, mutambo, cedro-rosa, jerivá, araticum, canelinha, uvaia, pitanga, pau-viola, guaçatonga, capixingui, capororoca, peroba-rosa, peroba-poca, café-de-bugre, açoita-cavalo, lixeira, pau-marfim, canela-de-frade, guarantã, embaúba, jatobá, paineira, cabreúva, machaerium, copaíba, guanandi, ingá.

Gênesis

O Gênesis vai além o plantio de mudas. O projeto também conta com a implantação de corredores ecológicos, formação de Condutores de Visitantes e dos Construtores de Florestas nos Bairros e os Construtores de Florestas Mirim.

 

 

Previous post

Feira de Barão agora acontece, também, às terças-feiras

Next post

Governo de SP entrega novos leitos de UTI COVID no Hospital de Clínicas da Unicamp

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *